terça-feira, 3 de novembro de 2015

Manter nossos olhos em Deus ( Salmo 73 )

Você já teve a impressão de achar que Deus é bom para todos menos para você? Trata-se da síndrome de Caim, que implica em olhamos ao redor e nos deixamos enganar pela mentira do inimigo, de que Deus ama mais o meu irmão do que a mim.
Quantos de nós tendemos a atribuir a Deus algo que acontece de ruim, quando algo de bom atribuímos a nós mesmos?
No Livro de Jó, ele começa questionando a Deus pelas dores e privações e termina reconhecendo que aquelas situações difíceis tinham a ver com a mudança que Deus queria fazer na vida dele. Esta é uma das tantas evidências de que Deus permite situações difíceis para forjar o
nosso caráter, justamente porque nos ama. Outro ponto importante é que quando Deus olha para nós, Ele vê no âmbito da Eternidade e não com a perspectiva apenas desta vida terrena.
Se eu tiver q responsabilizar alguém, devo então responsabilizar primeiro a mim e depois ao meu inimigo, Satanás.

As atitudes que devo ter:
1. Primeiro agradecer, porque a Bíblia diz que em tudo devo dar graças
2. Me levantar contra o inimigo real, o diabo que lança mentiras a respeito de quem sou e de quem Deus é
No Salmo 73, Asaph estava passando por essa crise, achando que Deus era bom para todos menos para ele. Ele olhou para o ímpio prosperando. Quantas vezes nos comparamos com as pessoas e principalmente com as pessoas que não creem em Deus? Será que realmente precisamos ter o que os outros têm para sermos quem Deus quer que sejamos? O parâmetro do mundo não é o mesmo do Reino de Deus.
Deus nos chama à mudança de mentalidade. A crermos que, ao colocarmos nossos olhos Seu amor, Ele fará algo bom para nós. Mas primeiro, precisamos aprender a olhar para Deus.

Em 1 Samuel 16:7, o profeta estava procurando aquele que Deus ungiria como Rei. Ao contrário das expectativas humanas, ele encontrou Davi, o menor, menos "provável" aos olhos humanos. Lembre-se: Deus não vê como o homem vê. Deus olha para o coração. Quando Davi se deparou com os filisteus não olhou para o potencial dos ímpios. Sua mentalidade e foco estavam em Deus.
Asaph teve sua visão mudada quando entrou na Casa do Senhor. Ele fazia isso praticamente todos os dias, mas naquela situação em especial ele teve umas experiência diferente, passou a olhar para Deus e não mais para as circunstâncias. Quando o olhar dele mudou, as coisas ao redor mudaram. Quantas vezes esperamos que a situação mude para então olharmos para Deus?
No Reino de Deus é o contrário. Primeiro eu mudo, depois as coisas começam a mudar, de dentro para fora. É preciso tomar decisão. E, ainda que as coisas não mudem, Deus promoverá uma mudança em você.
A nossa visão precisa ser mudada. Nossos olhos precisam estar em Jesus!

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Benefícios da Aliança

Gênesis 9:12-14

Assim como Noé e sua família estavam vivenciando um momento de alegria ao descer da Arca, o período que eles passavam trazia consigo uma experiência traumatizante, com o medo que o dilúvio se repetisse, assim que as nuvens surgissem no Céu. 

- Muitas vezes nos prendemos a experiências passadas, e deixamos que o medo tomasse conta dos nossos corações, impedindo que relacionamentos e sonhos sejam construídos, colocando a prova a Aliança de fidelidade que Deus firmou em todas as áreas da nossa vida, tanto na Terra, como no Céu.

Romanos 11:17-18

- Assim como o ramo de Oliveira sinalizou a Noé que a sua resistência fez com que ela resistisse ao dilúvio, Jesus através da Nova Aliança fez com que a natureza humana fosse quebrada. A semente do pecado que nasce conosco só pode ser quebrada através do milagre da mudança de natureza, onde mesmo a nossa mente nos levando ao praticar o pecado, o Espírito Santo nos guia a produzir bons frutos como a Oliveira. 

- Nossa vida precisa estar firmada na mudança que a Aliança traz aos nossos caminhos. A vida que vem dEle precisa ser como a Oliveira enxertada, onde nós não somos a seiva da planta, mas, por Jesus, a provisão dEle faz com que as sementes dêem conforme sua espécie, e a dificuldade em produzir frutos será substituída pela vida que flui de Deus, através do sobrenatural que vivemos ao nos relacionarmos com o Senhor.

- Assim como a Oliveira resistiu ao dilúvio precisamos entender que a Aliança com Deus é a nossa segurança de resistência aos planos do inimigo. Planos esses que não podem ser perpetuados quando a nossa vida é ramo da vida de Deus que flui em nós. Vida na qual precisa estar firmada sobre a rocha inabalável que é o relacionamento que construímos ao nos achegarmos a Ele, ou seja, quanto mais perto, mais parecido. Onde nossas mudanças contradizem a natureza, mas revelam os frutos que serão produzidos pela confiança que Jesus através Aliança permite que nós possamos viver.  

quinta-feira, 23 de julho de 2015

O Nível de Deus

Mateus 20:11-15  

A situação em nosso redor determina nosso nível de satisfação!

Dependendo da situação em que nos encontramos nosso nível de satisfação oscila. O que hoje é moda, amanhã já não é mais! O que hoje é de mais moderno em tecnologia, amanhã já lançaram um produto melhor e inovador. O que muda não são as pessoas, mas a situação, as circunstancias! O ambiente que determina o que é legal ou não, o local onde vivemos determina O Padrão!

Em Mateus 20:11-15: Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’. "Mas ele 
respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? 

Possuímos um Padrão do que é certo e o que é Errado, e tentamos estar no meio disso, muitas vezes olhamos as pessoas ao nosso redor e nos comparamos com elas, e se existe pessoas que são piores que nós, nos sentimos bem por que não estamos lá e muitas vezes isso é  uma justificativa para não nos esmerarmos mais.

Com base nisso, existem 3 (três) Níveis Humanos:

1º Religioso: vê o mundo e se coloca como um padrão a ser seguido pela sociedade.

2º Na Media: é aquela pessoa que não quer ser a pior, mas se contenta em estar na média, quando o ambiente onde ela vive começa a aumentar o nível, ela tende a procurar um lugar onde a cobrança é menor.

3º Complexo de inferioridade: tudo conspira contra ele, normalmente essa pessoa tende a ter inveja das pessoas que estão ao seu redor.  
Porém existe o Nível de Deus: Mas Deus não vê desta forma, Deus nivela a todos, e não existe nada que possa fugir da graça de Deus, nada que esteja acima, ou abaixo da graça, nenhum de nós somos Merecedores. Precisamos entender que a igreja é a casa do Senhor, e quando fizemos algo para a igreja fizemos para a casa do pai. Para uns Deus dará posições de destaque, para outros não. Mas precisamos entender que são apenas posições, o salário de todos é o mesmo!  

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Não Mendir

Texto:
João 8:44  

Mensagem:
Existem duas categorias de mentidas: as conscientes e as inconscientes. 

Mentira consciente

É a mais usual e também se divide em duas formas: as graves e as inocentes. 

1. Mentiras graves: trazem beneficio a quem mente, mas em contrapartida, prejudica outras pessoas, ainda que pareça inofensiva. Ex.: Alguém liga e você diz que não está. 

2. Mentira "inocente": são as que, em tese, não prejudicariam ninguém. Ex.: dizer a uma criança que existe papai Noel ou coelho da Páscoa. Pense: uma hora, ela descobrirá que se trata de uma mentira e correrá o risco de achar que a história de Jesus é tão mentirosa quanto as anteriores.

Na verdade, a mentira nunca é boa, pois será sempre uma forma de se escapar de um situação desconfortável.

Mentiras inconscientes 

Leia: 2 Tessalonicenses 2:9-12

Precisamos viver pela VERDADE:

1 - A Palavra de Deus é a Verdade Absoluta
2 - O Mundo vive em uma Mentira: o sistema mentiroso
3 - A Batalha está em nossa mente, em relação a Verdade ou a mentira. 

Precisamos nos alimentar diariamente da Verdade, quando a verdade entra, a mentira sai.  

Pergunta:
1. Você consegue discernir a diferença entre mentira consciente e mentira inconsciente?
2. Você tem descoberto em sua vida, áreas em que o inimigo mentiu, tentando desviar seu propósito e agora, foi desmascarado pela verdade de Deus?
3. Você está disposto a abrir mão de mentiras que deixam sua situação "confortável" em detrimento ao conforto de outros?

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

O Valor da Mesa

MENSAGEM: Êxodo 25:23-29

Todas as pessoas, em algum momento da sua vida, desejam executar coisas grandes. Muitas vezes é um sonho, ou uma aquisição, ou uma viagem, entre tantas coisas. Existe um segredo para isso que é de extrema importância para aqueles que desejam alcançar ou fazer algo grande: tudo começa com pequenas atitudes.

Algumas pesquisas relatam que se uma pessoa corre 30 minutos por dia, 5 vezes na semana, ela pode prevenir o colesterol e complicações com doenças cardíacas na sua velhice. Outras pesquisas dizem que se uma pessoa comer uma maça por dia, ela pode aumentar em até dois anos a sua expectativa de vida. Vemos que são pequenas atitudes diárias que fazem toda a diferença. Podemos perceber que não exite dinheiro no mundo que possa dar dois anos a mais de vida, mas uma maça pode.

Se tratando de família vimos que as estatísticas revelam uma situação muito grave: no Brasil os casamentos estão terminando em média com 11 anos, ou seja, para que a média seja 11 anos, alguns casamentos não duraram nem 2 ou 3 anos. A mulher hoje se casa em média com 27 anos de idade.

Mas qual é a causa de tantos lares desfeitos? Qual a causa de tantas pessoas não optarem pelo casamento? As pessoas tem optado por passarem mais tempo em outros lugares do que com a família. A família tem sido deixada de lado e as pessoas muitas vezes tem preferido o seu trabalho do que o seu lar.

Existe algo deixado por Deus que é muito simples, porém em longo prazo pode resultar em um lar sadio e estruturado, e, além disso, duradouro. Estamos falando do “Valor da Mesa”. Vimos em Êxodo que a mesa é o segundo móvel do tabernáculo, isso demonstra a importância que Deus dá a mesa, a reunião familiar na mesa. A mesa é um lugar de sentar face a face, é o altar da família. Alguns institutos de pesquisa americanos comprovam que em famílias que se assentam a mesa para comer tem menos problemas com estresse, drogas, além de que as crianças vão melhor na escola ao comer na mesa com os familiares.

  Vamos ver algumas características do “Valor da Mesa”:

1) A mesa é lugar de restauração: 
Em 2 Samuel 9 vimos a história de Mefibosete, um rapaz que pertencia a família de Jônatas, porém foi esquecido por todos. Certo dia Davi buscou por descendentes do seu amigo Jônatas e lhe informaram que ainda havia que se chamava Mefibosete. Ao saber disso Davi lhe chamou e restitui todas as terras que eram da sua família e além disso estabeleceu que a partir daquele dia ele sentaria com o rei todos os dias para as refeições. Mefibosete foi grandemente abençoado tendo restituindo todos os bens, porém o que ele realmente precisava era ter a sua família restituída pois isso iria mudar completamente a sua vida.

 2) A mesa é um lugar para servimos: 
Na mesa temos a oportunidade de servir a todas as pessoas da nossa família. É a oportunidade de servimos a nossos filhos. Muitas crianças não aprendem o valor de servir pois não veem seus pais servirem, e a mesa é uma grande oportunidade de servir e ser exemplo nessa área. Na mesa temos a oportunidade também de servir aquelas pessoas que não vemos a muito tempo, ou por algum motivo tivemos nossos relacionamentos cortados. Nesse momento não vamos condenar, nem julgar mas vamos servir e restaurar os relacionamentos.

 3) A mesa é um lugar de refrigério: 
No Salmo 23 vimos o relato do salmista que no vale da sombra da morte, ou seja, quando passamos por tantas dificuldades, problemas, aflições, perseguições Deus diz: “Filho, olha pra mim, preparei uma mesa pra você, um banquete, olhe o que eu tenho pra você. Não olhe para os problemas, não olhe para as dificuldades, olhe para mim. Em mim você tem tudo o que você precisa”.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Mais Longe


Texto: Daniel 1:20

Neste Texto vemos o Padrão elevado de Deus em relação ao Padrão do mundo, Cada Cristão é chamado para pertencer a um povo que vai mais longe, que não se contenta com a Média, mas temos visto no meio do povo de Deus muitas vezes uma postura muito diferente da que vemos em toda a palavra, vemos pessoas que estão dentro do mesmo padrão do mundo e que não tem ido longe, mas por que isso tem acontecido?

1º Nosso Padrão de referência.
Temos olhado pra fora da igreja e temos Criado um padrão um pouco melhor do que o do mundo, ou as vezes olhamos para a própria igreja e nos comparamos com os outros e nos acomodamos em uma posição de estagnação. Deus não nos chamou para ter um padrão um pouco melhor do que o mundo e também não nos chamou pra nos acomodarmos com o padrão estabelecido pelas pessoas que estão ao nosso redor. O padrão de Deus não é um pouco melhor, mas é totalmente diferente, não existe comparação, não temos ido longe por que nos acomodamos e a palavra de hoje diz que Daniel superou os outros em 10 vezes mais, isso mostra que o referencial que eles tinham não estava ao redor deles.

2º Somos chamados Para andar em Excelência 
Salmos 150:2 e 2 Coríntios 4:7
Nesses 2 Textos vemos que Deus é excelente e que temos que louvá-lo com excelência , quando fazemos as coisas com excelência estamos refletindo a glória de Deus para as pessoas que estão ao nosso redor, quando o mundo olha ele tem que ver Deus em nossa vida e isso só vai acontecer quando perceberam que somos como nosso criador.

3º Vamos mais longe quando Construímos para o Eterno
Mateus 6:19-21
Onde Está teu coração? Quando falamos em ir mais longe, falamos de fazer isso aqui na terra mas também nos prepararmos para o momento em que passaremos a eternidade com nosso Senhor.
Se você quer saber onde está teu coração você tem que olhar onde está gastando seu tempo e dinheiro, se a resposta for sim em coisas aqui dessa terra, não estará indo longe, por que todas as coisas passam.

COMPARTILHAMENTO:

1. Qual tem sido teu padrão de referência?
2. O que você entende por excelência?  Se esse é o Padrão de Deus para Nós, você tem vivido nele?
3. A palavra de Deus nos diz que devemos ajuntar tesouros no céu, o que significa isso pra você?

MINISTRAÇÃO: peça  para que  todos visualizem o que Deus  tem para cada um, peça para que  eles pensem do que pode limitá-los a alcançar aquilo, depois faça  com que  cada um imagine Jesus ajudando eles a chegarem no alvo.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

A âncora da Palavra


Dizendo-lhes: Senhores, vejo que a navegação há de ser incômoda, e com muito dano, não só para o navio e carga, mas também para as nossas vidas. Atos 27:10 

Como vimos na palavra passada, estamos sem nenhum controle de nada, nossa vida é como um barco que por mais que tenha leme e velas não tem o poder de parar uma tempestade e de acalmar o vento, mas tenho percebido que temos uma tendência, que criarmos o nosso mundinho perfeito e tentamos fazer com que ele seja protegido e seguro de todos os males, criamos nossas próprias âncoras que infelizmente não tem poder suficiente quando entramos em uma tempestade.
Nesse estudo falaremos de uma âncora que nos deixa em segurança nas maiores tempestades e que nos ajuda a entender que tempestades são importantes e que nos tornam  preparados e experientes para atingirmos os planos de Deus em nossa vida.

1. O que estamos ouvindo.
      De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Rom 10:17
Hoje temos a Bíblia em nossas mãos, mas nos tempos dos apóstolos existia somente o velho testamento e não era de acesso tão fácil assim, muitos pessoas não sabiam ler, então a palavra era pregada e a fé vinha pelo ouvir, hoje podemos dizer que a fé vem pelo ouvir e ler a palavra de Deus.
Tudo que escutamos influencia no que seremos, somos a soma de tudo que ouvimos, vemos hoje muitas pessoas na igreja mas que estão com suas mentes impregnadas do que tem visto na televisão, internet ou do que seus amigos de escola ou trabalho tem falado, vivemos em um mundo cheio de medo e tudo isso por que não tem ouvido a voz de Deus através da bíblia

2. Em que Estamos confiando
Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Jeremias 17:5
Muitas pessoas interpretam que esse versículo fala que não podemos confiar em ninguém, mas na realidade não é isso que está escrito, o versículo diz que nossa esperança está em Deus, que se depositarmos em pessoas podemos nos decepcionar.
Mas de uma forma mais especifica este versículo fala que não devemos confiar em nós mesmos, lá diz que faz do Seu braço sua força, só há uma verdade que é irrefutável, a verdade da palavra de Deus.
Não podemos confiar em nossas experiências pessoas, por mais que tenhamos vivido muitas coisas não temos esse poder de controlar tudo, a única coisa que não muda e nunca passará é a palavra de Deus.

3. Fé na palavra acima de tudo
Vivemos em tempos difíceis, onde as pessoas são mais amantes dos prazeres do que de Deus. E vemos muitas pessoas servindo a Deus pelo que ele pode nos dar, mas existe um grande risco em fazer isso, por que quando vem a tempestade temos a tendência de murmurarmos e olharmos a circunstância.
Temos que ser como Sadraque, Mesaque e Abednego em  Daniel 3:17-18, onde eles dizem que Deus os salvando ou não da fornalha, não deixariam de o amar e o adorar.

Compartilhamento
1. Quanto tempo da sua semana você tem dedicado a ouvir e ler a palavra de Deus? E o que poderia fazer para melhorar o que você está ouvindo durante o dia?
2. Quando os problemas vem, qual tem sido a maneira que tem usado para resolvê-los? Tem conseguido aplicar a palavra de Deus no teu cotidiano?
3. Como está sua convicção em relação a bíblia, ela tem sido a âncora para momentos de problemas?