quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Santificação

Quando se fala em santos, normalmente as pessoas imaginam um ser iluminado, que vive numa dimensão diferente da nossa. Pensamos numa pessoa isenta de erros, perfeita. No entanto, a Bíblia traz um conceito diferente de santidade - nas Escrituras, santidade significa "estar separado para o Uso de Deus". Para compreendermos melhor como acontece a santidade na vida do cristão, é importante termos em mente três conceitos fundamentais: ortodoxia, ortopatia e ortopraxia. O que estas palavras significam?

Basicamente, este é seu sentido: [a] Ortodoxia - Conjunto de crenças de uso comum; [b] Ortopatia - Como eu me sinto em Relação a minhas Crenças e [c] Ortopraxia - A Pratica de Minhas Crenças.

"Não pensem que vim abolir a Lei ou os Profetas; não vim abolir, mas cumprir. Digo-lhes a verdade: Enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra." (Mateus 5:17,18). 

Nesse Versículo Jesus chama a atenção dos que o seguiam em relação a Lei, talvez por Jesus criticar tantos os religiosos da época seus seguidores acharam que tudo que havia sido ensinado deveria ser jogado fora, mas nesse versículo Jesus deixa claro que o problema não estava na Lei e sim na sua prática. Estava no modo como as pessoas encaravam aplicar a Lei de Deus na sua vida. 

Aqui Jesus trás uma nova Ideia, ele reforça a Lei mas ele diz que como os fariseus praticavam a Lei é que era errado, eles não tinham entendido o que a lei significava. Eles obedeciam por obedecer, por apenas cumprir um ritual externo sem vida interna. 

"Todo aquele que desobedecer a um desses mandamentos, ainda que dos menores, e ensinar os outros a fazerem o mesmo, será chamado menor no Reino dos céus; mas todo aquele que praticar e ensinar estes mandamentos será chamado grande no Reino dos céus. Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus". (Mateus 5:19,20)

Ou seja, ir além da justiça dos fariseus e escribas era ter a obediência interna como fonte da obediência externa.

Existem 2 maneiras de como Sentimos a Lei que pode mudar toda a nossa pratica Cristã:

1. Deus como Juiz e nós os Executores de Suas causas:

A pessoa que vive nessa dimensão se sente oprimida pela lei do Senhor mais, por medo do Inferno a obedece, o grande problema é que ela quer fazer com que todos se submetam a tudo e muitas vezes se esquecem que o Cristianismo é algo pessoal e que não somos chamados para sermos juízes, sim irmãos uns dos outros e que todos estamos na mesma situação. 

2. Deus como Pai e nós como seus filhos amados que Tem a responsabilidade de representar o Reino:

Santidade tem haver com o que sou para Deus e como as pessoas veem Deus na minha vida. É saber que somos referenciais de Deus na terra.

Quando entendemos esse conceito podemos aplicar 3 coisas:

1. Viver em Santidade é ter a Consciência Cristã. Observe estes três textos, como eles falam da consciência, do que é interno influenciando a obediência externa:

"Portanto, é necessário que sejamos submissos às autoridades, não apenas por causa da possibilidade de uma punição, mas também por questão de consciência. É por isso também que vocês pagam imposto, pois as autoridades estão a serviço de Deus, sempre dedicadas a esse trabalho. Dêem a cada um o que lhe é devido: Se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra. Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a lei". (Romanos 13:5-8).

"Quando você peca contra seus irmãos dessa maneira, ferindo a consciência fraca deles, peca contra Cristo.
Portanto, se aquilo que eu como leva o meu irmão a pecar, nunca mais comerei carne, para não fazer meu irmão tropeçar." (1 Coríntios 8:12,13)

Se algum descrente o convidar para uma refeição e você quiser ir, coma de tudo o que lhe for apresentado, sem nada perguntar por causa da consciência. Mas se alguém lhe disser: "Isto foi oferecido em sacrifício", não coma, tanto por causa da pessoa que o comentou, como da consciência, isto é, da consciência do outro e não da sua própria. Pois, por que minha liberdade deve ser julgada pela consciência dos outros? Se participo da refeição com ação de graças, por que sou condenado por algo pelo qual dou graças a Deus? Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:27-31)

2. A santidade diz respeito a mim e não aos outros:

Ser um Cristão é entender que Deus está trabalhando e minha vida para que eu seja cada vez mais parecido Com Jesus, e não obrigar as pessoas a viverem no padrão que Deus tem pedido a mim. Ou seja, temos a responsabilidade de refletir Jesus, e não impor uma imagem de Jesus nos outros. É uma postura de amor, quando então cumprimos a Lei.

3. Nossa santidade Reflete o nível de Amor que temos por Deus (o quanto estamos dispostos a entregar por ele). Aqui finalmente, é quando a maturidade acontece e, portanto, negamos a nós mesmos por amor a Jesus e ao nosso próximo.  

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Somente Cristo

1 Tm 2.5

INTRODUÇÃO: é comum, ao perguntarmos para qualquer pessoa dentro da igreja (ou mesmo fora) sua opinião sobre Jesus, e receber alguma resposta do tipo "para mim, Jesus é tudo", ou então "Jesus é Deus, Salvador" e coisas semelhantes. Naturalmente, quando somos membros da igreja local, frequentamos um PG, pensamos que vivemos "Somente Cristo" como uma realidade da nossa fé. No entanto, podemos até falar como "crente", nos vestir e agir como cristãos, mas nosso interior pode, de fato, não refletir esta realidade. Então, o que significa a declaração "Somente Cristo"?

1. SOMENTE CRISTO SIGNIFICA QUE TEMOS APENAS UM MEDIADOR - CRISTO (1 Tm 2.5): o problema aqui é quando terceirizamos a nossa fé - delegamos aos outros aquilo que é nossa responsabilidade. O problema dessa visão é que ela faz parecer que existem pessoas com mais acesso a Deus do que outras. Ou seja, de algum modo, seriam como que “mediadores” entre a pessoa e Deus. É então errado pedir para alguém orar por nós? NÃO. Mas é errado quando pensamos que algumas pessoas tem mais “poder” em suas orações do que outras. Isso, inconscientemente, mostra que cremos haver outros “mediadores” diante de Deus que não apenas Jesus. Quando lembramos que Jesus é o único mediador, lembramos que estamos todos nós, diante de Deus, na mesma posição de incapacidade, totalmente dependentes de Sua Graça para nos achegar a Sua Presença.

2. SOMENTE CRISTO SIGNIFICA QUE TEMOS APENAS UM FUNDAMENTO - CRISTO (1 Co 3.9-11): Cristo é o fundamento da Igreja, o fundamento pelo qual construímos nossa vida. Esse fundamento em nosso interior gera uma mudança no exterior - essa é a verdadeira conversão. O profeta Ezequiel fala da mudança de coração (interior); Paulo em Romanos fala da mudança da mente (interior). Se mudamos apenas o exterior, é como se colocássemos uma "focinheira" num cachorro bravo - impede que ele morda, mas não muda sua atitude. A focinheira é apenas um instrumento para inibir a ação do cachorro. Do mesmo modo, a religiosidade é apenas um meio para inibir a natureza ainda não regenerada do homem caído, que pensa ser convertido quando na realidade, muitas vezes, não é. A conversão não pode ser uma focinheira: a conversão não pode ser uma série de regras e normas que a gente usa para as pessoas se conformarem a determinados padrões que nós criamos. Uma vida cristã assim é pesada, sem graça, sem brilho, sem vida de Deus. Ao contrário disso, a conversão fundamentada em Cristo nos liberta para Deus.

3. SOMENTE CRISTO SIGNIFICA QUE TEMOS APENAS UM CAMINHO A PERSEVERAR - CRISTO (Fp 3.13-14): De um certo modo, Jesus está na moda. Alguns dos livros mais vendidos falam de Jesus - o problema é que não falam da cruz. São livros que fala de certos aspectos da vida de Jesus como o maior psicólogo, mestre, professor...e muito pouco se fala da cruz, quando ela não é um detalhe ela nem é citada.

No entanto, a Cruz é centro do Evangelho - Jesus morreu pelos nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia. Os braços estendidos de Jesus apontam para o tinha acontecido antes da cruz e o que aconteceria depois da cruz. Ao estudar os Evangelhos, o caminhar de Jesus é direcionado a este momento da entrega na cruz.

Jesus é o único caminho que nos conduz à Verdade e a Vida - ninguém vai ao Pai senão por Cristo.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

UM ESPELHO CHAMADO "CRISTÃO"

II Coríntios 3:18


II Coríntios 3:18- Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

História de gandhi quando foi a Igreja

SOMOS ESPELHOS QUE DEUS USA.

Enquanto caminhamos, o mundo ao nosso redor espera ver, em nós, a transformação que só o Espírito Santo faz na vida de um pecador arrependido. Observando um espelho, relembramos alguns cuidados necessários essenciais para que sejamos usados pelo Senhor, refletindo Sua glória no mundo.

1. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso ter o rosto descoberto
Assim como um espelho deve estar descoberto para refletir a imagem de determinado objeto, nós também necessitamos de que nada se interponha entre nós e o nosso Deus. O véu que separava o homem de Deus foi rasgado por ocasião da morte de Jesus na cruz. Este gesto, sem par, possibilitou que a glória do Senhor rebrilhasse em nossa vida. O acesso que temos à sua presença foi garantido pela morte e ressurreição de Cristo. Vamos desfrutar, portanto, dessa comunhão.

Temos que ter transparência:
Muitas pessoas vivem uma vida de aparências!!! mas é impossível viver só de aparência pra impactarmos vidas temos que deixar que vejam o que verdadeiramente esta em nós. Citar Davi

2. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar limpo
Muitas vezes, a imagem refletida no espelho não é nítida, não tem brilho. Pequenas manchas internas, ou até mesmo poeira, dificultam a nossa visão. Assim também, os nossos pecados encobrem o rosto do nosso Deus e as nossas iniquidades nos separam do Senhor (Isaías 59:2). Se desejamos refletir a sua glória com todo o brilho e perfeição, busquemos diariamente purificar as nossas vidas, confessando "os nossos pecados, na certeza de que Ele é fiel e justo para nos perdoar e purificar de toda e qualquer injustiça" (110 1:9).

3. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar bem direcionado.
Mesmo descoberto e limpo, o espelho só é capaz de refletir o objeto para o qual se direciona. O cristão que não está em sintonia com o Senhor, corre o risco de refletir outras imagens. Ao direcionar o nosso olhar para o "autor e consumador de nossa fé", passamos a refletir cada vez mais a sua glória, através de nossas vidas. E assim, de glória em glória, somos transformados e Sua luz se revela em nossa vida. Quanto mais ela rebrilhar, mais Cristo será visto em nós.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

O Poder do Jejum

Gl 5:16-17

Carne e espírito não têm comunhão. Por isso, a importância do jejum. Para estarmos mais sensíveis às coisas do Espírito e cada vez menos suscetíveis aos desejos da carne.

Benefícios do Jejum para a Saúde

1. Melhora a função cerebral: Ajuda a Prevenir Alzheimer e doença de Parkinson.
2. Prolonga a vida: o ganhador do prêmio Nobel 2016 diz que o jejum aumenta a autofagia que faz com que o corpo elimine as células que não tem funções tão importantes.
3. Sistema imunológico eficiente
4. O Jejum desintoxica o corpo.
5. Ajuda na Prevenção do Câncer.
6. Doenças cardiovasculares :Uma pesquisa com 200 pessoas nos Estados Unidos apontou que o jejum, quando realizado uma vez por mês, tem efeito protetor contra as doenças cardiovasculares. A diminuição do risco de males cardíacos foi de 58%.

Jejum na Bíblia: o envio de Paulo e Barnabé (Atos 13:2-3), o povo de Nínive (Jonas 3:5-10), Daniel e a revelação de Deus (Daniel 9:3), Ester na presença do Rei (Ester 4:16), Neemias diante das notícias ruins (Neemias 1:4).
Antes de iniciar seu Ministério público, Jesus jejuou (Mateus 4:1-2). Ele mesmo disse que, para expulsar certos demônio, só com jejum e oração (Marcos 9:28-29).

O jejum traz benefícios inclusive para a saúde: ajuda a prevenir Alzheimer e doença de Parkinson, câncer, doenças cardiovasculares, entre outros males. Mas jejum não é regime nem um momento apenas sem comer. Ele tem um propósito bem maior.

Por que Devemos Jejuar:
1. Para mortificar a carne e nos aproximar de Deus: quando a carne é mortificada, o Espírito ganha espaço

2. Para ter mais tempo de qualidade com Deus: priorizamos a oração e leitura da Palavra

3. Buscar direção de Deus

4. Quando nos afastamos de tudo que é desejável por amor a Deus nos tornamos desejáveis do Senhor

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Vivendo no Centro da Vontade de Deus

Isaías 33:15-16 Salmos 9:9

Deus tem o melhor para cada um de Nós Esse lugar é um alto refugio e se chama Centro da vontade de Deus, Este é o lugar onde não há turbulências, nem tempestades onde não há temores, onde o sol sempre brilha, é um lugar sobrenatural que está acima de sentimentos passageiros, mas Deus é a nossa força e sustento. Quantos querem estar nesse lugar? Mas hoje vemos as pessoas buscarem a Deus de três formas,em três níveis:

1º Pessoa é a que não está na vontade de Deus ela está na dimensão da carne. Ela até acredita em Deus e até fala de Deus Mas não conhece a Deus. Ela pode até ter uma Religião ou não, pode estar em casas de respeito ou em presídios, da boca dela pode se ouvir frases como estas: “eu também sou filho de Deus” ou “Eu faço o bem acho que vai ter um lugar pra mim no Céu” ou “Vou todos nos Domingos na Igreja, eu faço minha parte espero que Deus faça sua parte” Esta pessoa está na dimensão da carne.

2º Pessoa é a que já entrou dentro do santo lugar mas está na dimensão da alma. Ela já pode se considerar dentro, um cristão, mas vive em altos e baixos ela é movida pelo sentimento, pode se ouvir frases como estas dela: “Nunca estive tão bem na minha vida” e no outro dia “ Nunca estive tão mau na minha vida”. Esse tipo de pessoa só se preocupa em se satisfazer, ela só está firme na igreja quando Deus corresponde as suas expectativas. Vive sugando dos outros, como uma pulga suga o sangue de um cachorro, porque não consegue se manter forte se nao tiver alguém que a apóie e encoraje o tempo todo.

3ª Pessoa é a que está no Centro da vontade de Deus, ela está em um alto refugio um lugar bem alto. É muito fácil ouvir de sua boca as palavras: “Tudo posso naquele que me fortalece” “ A alegria do Senhor é a minha força” “ O Senhor é meu pastor e nada vai me faltar” “ não ando pelo que vejo mas pelo que creio”, esta pessoa está no santo dos santos. No santo dos santos há Cura no físico, no emocional, há transformação nas famílias e no trabalho.

Em que lugar vc está? Será que vc tem sentido tristezas? Será que Deus é algo distante para vc? Vc tem conhecido a Jesus ou só a história de Jesus!!! Uma vez eu ouvi algo que me chamou muito a atenção “ não adianta conhecer a história de Jesus mas sim o Jesus da história”, se vc conhecer esse Jesus ele pode entrar na tua história e mudar a tua vida.  

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Capacete da Salvação - Armadura de Deus

Efesios 6:10-20

O capacete servia para proteger a cabeça, nuca e os ouvidos. A mente está ligada a tudo o que somos e que pensamos. Toda batalha que temos começa primeiro em nossa mente, através de um pensamento.

Nós somos aquilo que acreditamos que somos! Muitas pessoas não se dão bem na vida por que antes de começar algo já iniciam com o pensamento de derrota.

O nosso inimigo só precisa colocar um pensamento em nossa mente e se comprarmos a ideia dele, faremos todo o resto sozinhos.

Quando aceitamos Jesus, o inimigo tenta lançar em nossas mentes a ideia de que não somos salvos e não somos merecedores da Salvação! Não éramos merecedores, mas Ele através do seu grande amor conquistou a salvação para cada um de nós.

Como podemos colocar o Capacete da Salvação?

1º Reconhecendo que não somos merecedores, mas recebemos pela graça de Deus:
A Salvação não é por obras. Nós podemos ser salvos apenas se aceitarmos o que Jesus fez na cruz do Calvário. Muitas pessoas tentam conquistar a salvação tentando agradar a Deus.

2º Renovando nossa mente:
Temos que começar a ver o mundo assim como Deus vê. Muitas vezes Satanás tem colocado uma visão falsa e temos aceitado isso.

3º Reconhecendo quem você é em Cristo:
Você sabe que é você? Você pode escolher acreditar no que o inimigo diz a você ou pode acreditar no que Deus diz e pensa a seu respeito.
É preciso rever em quem você está acreditando. Coloque nesse momento a capacete da salvação e não aceite mais as mentiras de satanás sobre você. É tempo de tomar posse da benção em nome de Jesus.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Imagem e Semelhança


Genesis 1:26 Então disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais grandes de toda a terra e sobre todos os pequenos animais que se movem rente ao chão".
Somos a Imagem de Deus, o que nos diferencia dos animais é sermos a Imagem e Semelhança de Deus, temos confidência e somos seres criativos.

1ª O Ser Humano segmenta todas as coisas: Cria diferenças entre homens e mulheres pretos e brancos, ricos e pobres

2º Mudamos a Imagem de Semelhança de Deus em nossa Imagem e Semelhança

* Andragopatia Transferimos os Sentimento Humanos para Deus.
* Transferimos nossa Vontade e gosto para Deus e Criamos o Evangélicos segundo a Humanidade.

3º Sentimento de Ser Deus: tentar resolver tudo com a Sua força e fazer o que bem entende. Vemos muitos ateus neste estágio, por que criam um reino internos com crenças pessoas que nós afasto de Deus,

4º Deus nos Criou com um Propósito: O propósito de Deus que que sua glória encha toda terra e para isso ele nos resgatou enviando seu Filho para que possamos agora ser Filhos de Deus.